Press "Enter" to skip to content

Até 2030 20 milhões de empregos estão ameaçados por robôs.

Last updated on 09/09/2019

O desenvolvimento tecnológico que possibilitou a criação de robôs que automatizam esforços humanos serão uma ameaça ou um avanço para a humanidade?

A muito tempo que robôs e sistemas de automação complexos e sofisticados não são mais histórias de ficção na literatura e no cinema. Paralelamente as facilidades proporcionada por eles, e que são muitas, há também uma grande ameaça e temor em relação ao impacto que essa cria tecnológica da humanidade pode causar. Estima-se que logo ali, por volta de 2030, os computadores automatizadores de funções humanas substituam dezenas de milhões de vagas no mundo todo.

Um estudo divulgado pela Oxford Economics, órgão de pesquisas da Inglaterra alerta que as funções ameaçadas são aquelas que exigem baixa escolaridade e ou pouca qualificação profissional. Os trabalhadores de países em desenvolvimento seriam os mais impactados pela implantação da indústria da automação o que consequentemente diminuiria a renda per capita antes ali gerada, o que pioraria as condições sociais e econômicas desses lugares.

Na introdução do estudo divulgado pela AFP(Agence France-Press, Agência de Imprensa Francesa): “As funções que requerem trabalhos repetitivos serão os mais afetados”.

Carros autônomos e tantas outras soluções já estão sendo utilizadas em países de primeiro mundo. A tendência deste mercado é que a automação também se desenvolva no mercado de serviços substituindo taxistas e motoristas de aplicativos por carros autônomos e entregadores por drones.

One Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *